- Publicidade -

O streamer Joseph “Cowsep” Hursey é um streamer americano extremamente popular por jogar no servidor sul-coreano e demonstrar bastante mecânica e habilidade com o seu Master Yi.

Recentemente, o jogador havia “quitado” em uma partida durante a sua stream após morrer. O chat da Twitch convenceu o jogador a voltar para o jogo, Cowsep atendeu a demanda do seu público e carregou a partida, garantindo a vitória. Logo depois, o jogador iniciou um tópico no fórum americano comentando toda essa situação.

Ele inicia uma série de críticas ao sistema de reports do jogo. “Vamos falar sobre a verdadeira toxidade que a Riot Games não tem feito nada sobre isso durante vários anos,” desabafou.

“O servidor sul-coreano tem um problema gigantesco com toxidade. É absolutamente insano. A maioria das pessoas não conseguem ler o idioma coreano, então elas não presenciam a toxidade assistindo a minha stream. Mas você pode simplesmente senti-la.” Comentou o jogador em seu tópico.

8 dias após a criação do tópico de Cowsep no Fórum americano, o jogador recebeu um banimento de 30 dias em todas as suas 6 contas.

De acordo com o site AltChar, o Rioter “RiotKyle” se pronunciou no tópico do Reddit sobre o banimento do jogador declarando que o motivo do ban seria por “account sharing“, um termo utilizado para jogadores que compartilham contas dentro do League of Legends. Mas após Cowsep refutar as acusações, o Rioter apagou o seu pronunciamento.

No dia 5 de fevereiro, Cho “Mata” Se-hyeong, suporte da KT Rolster, foi banido por estar jogando na contra de outro jogador. Sendo um jogador da LCK, Mata também precisou pagar uma multa de 500 mil won (cerca de 1500 reais) e também cumprir 25 horas de serviço comunitário.