O Corinthians está ajustando a sua volta nos esports. Segundo uma reportagem apurada pelo ESPN Brasil nessa terça-feira (16), o clube fechou um acordo com a Immortals para a organização norte-americana coordenar a volta do clube dentro das competições de games.

Segundo o site, a volta do Corinthians envolverá a criação de times de Counter-Strike: Global Offensive, Free Fire e o Corinthians também absorverá a equipe de Rainbow Six: Siege que já participa do Brasileirão e da Pro League. A reportagem também apurou que existe a possibilidade dos jogadores usarem a Arena Corinthians para treinos e a organização já está em conversas com vários campeonatos de CS:GO, como o Clutch Circuit e a Gamers Club.

Corinthians
Reprodução/Tudo Timão

A parceria com a Immortals funcionaria de forma similar ao que já acontece com o Flamengo e a Go4It: a organização norte-americana seria a responsável por gerenciar os times e a administração geral da equipe. No entanto, o site também relatou que o clube está passando por problemas para contratar jogadores no cenário de Rainbow Six por conta das altas multas rescisórias. O valor da negociação também não foi revelado pelas fontes.

O Corinthians contou com uma parceria com a Red Canids entre novembro de 2017 até março de 2018. Depois desse período, o clube investiu especificamente no Pro Evolution Soccer ao contratar o jogador Felipe Mestre.