A Copa do Mundo de Overwatch 2017 foi anunciada e desta vez virá com um novo formato, onde haverão mais países, mais partidas e mais eventos ao vivo. Começando nesta quarta-feira (29), o evento será dividido em quatro fases: Anúncio, Votação, Grupos e Eliminatórias.

No ano passado, a Coréia do Sul foi a grande campeã da Copa do Mundo de Overwatch e, um de seus integrantes, Miro, ficou com o título de MVP da competição.

Coréia do Sul foi a vitoriosa da Copa Mundial de 2016

Entre as 50 nações participantes da edição de 2017, os 32 países com as melhores colocações de acordo com SR médio do top 100 nacional serão qualificados para a próxima etapa, ou seja, os jogadores de cada nação deverão trabalhar para melhorar cada vez mais o posicionamento de seu país no ranking global.

Quando os países forem definidos, os jogadores precisarão reunir um Comitê Nacional da Copa do Mundo de Overwatch 2017. Dez pessoas, todas com conhecimento do campo, como analistas, técnicos e outros envolvidos com a comunidade de eSports, serão indicadas para a formação do comitê nacional que contará com três especialistas locais. Eles serão encarregados de recomendar escolhas para as seleções durante todos os estágios da competição.

A partir disso, os jogadores de cada um desses países votarão em quem eles querem que selecione as equipes que representarão suas nações na BlizzCon 2017.

Quatro eventos presenciais da fase de grupos acontecerão na Europa, América do Norte e Ásia, com os 32 melhores países que foram definidos previamente. Cada evento sediará a disputa de oito equipes durante uma semana, onde as duas melhores se qualificarão automaticamente para as finais da Copa do Mundo de Overwatch 2017 na BlizzCon 2017. Os jogos serão transmitidos online e o público terá a opção de assistir pessoalmente adquirindo um ingresso limitado que será vendido à partir de maio.