Nesta quarta-feira (05) se deu inicio a um dos Rift Rivals mais aguardados, com a rivalidade clássica entre LCS NA (América do Norte)LCS EU (Europa). Três equipes de cada região lutam entre si em busca no título, e claro, provar de uma vez por todas qual é a melhor, pelo menos por enquanto.

No primeiro confronto do dia tivemos o clássico das atuais campeãs de suas regiões, G2 x Team SoloMid. A pouco tempo atrás quando as equipes se encontraram pela última vez, a G2 acabou levando a melhor, vencendo os norte-americanos no MSI 2017. Dessa vez a TSM teve sua vingança e pode abrir a competição com vitória para sua região, já mostrando que não vieram para brincadeira.

Foto: Riot Games

Na segunda partida tivemos a tão respeitada Fnatic, que atualmente é a melhor equipe da LCS EU e está liderança de seu grupo. Seu oponente? A Phoenix1, que ficou na terceira colocação da LCS NA 1° split. A Phoenix1, que não vem com uma boa campanha nesta temporada da LCS, começou a partida colocando bastante pressão pra cima dos europeus. Apesar dos norte-americanos conseguirem vantagem no early game, a Fnatic mostrava lutas mais solidas e bem controladas, e acabou conseguindo a vitória e assim empatar a tabela.

Foto: Riot Games

Dando sequência aos jogos, tivemos novamente a G2, dessa vez para enfrentar a Cloud9, que é atual vice-campeã da LCS NA. Mithy e companhia tiveram um começo de jogo totalmente esmagador, com destaque para sua ótima atuação com o campeão Blitzcrank. Mesmo com uma boa vantagem em mãos, a G2 cometia erros bobos e começava a tomar pickoffs pelo mapa. Tais erros eram exatamente o que a Cloud9 precisava para segurar a partida, já que sua composição tinha bastante força no late game. O jogo chegou a um ponto que a Cloud9 já conseguia lutar de igual para igual, mas a G2 conseguiu ter o controle de todos os dragões do jogo (5 no total). Depois de fazerem o Dragão Ancião, os europeus conseguissem fechar a partida, e assim botar a Europa no topo da tabela de vitórias.

Foto: Riot Games

A Unicorns of Love fez sua estreia na competição contra a Phoenix1. Os unicórnios, que vem de uma boa temporada na LCS EU, foram surpreendidos por uma atuação esmagadora de seus oponentes, com destaque para o Ryu que ficou com um placar de abates de 11/2 com seu Corki na mid lane. A Phoenix1 conseguiu sua primeira vitória na competição e deixou tudo igual na tabela.

Foto: Riot Games

Mas não foi só a Phoenix1 que surpreendeu. Na penúltima partida do dia entre Fnatic e Cloud9, um verdadeiro acampamento foi montado na rota do meio. Caps acabou sendo anulado pelos norte-americanos, e como consequência, Jensen acabou ficando muito forte com sua LeBlanc. Com uma boa atuação de todo o time, a Cloud9 consegue sua primeira vitória no torneio e abre vantagem para a LCS NA na tabela.

Finalizando o dia, a Unicorns of Love teve sua chance de redenção, contra a Team SoloMid. Os europeus tiveram uma partida melhor de que sua estreia, mas não o suficiente para vencer os atuais campeões da LCS NA. A TSM acabou terminando o primeiro dia de competição invicta e deixando sua região com uma ampla vantagem de vitórias.

Foto: Riot Games

A LCS NA conta com 4 vitórias e apenas duas derrotas, enquanto que a LCS EU tem que se contentar com apenas duas vitórias até o momento. Confira o replay de todas as partidas do dia logo abaixo:

TSM 1×0 G2
Fnatic 1×0 Phoenix1
G2 1×0 Cloud9
Unicorns of Love 0x1 Phoenix1
Cloud9 1x0Fnatic
Unicorns of Love 0x1 TSM