Eleito recentemente o melhor jogador do mundo de CS:GO e vencedor do The Game Awards 2016, o jogador da SK Gaming, Marcelo “Coldzera” David conversou com o Mais e-Sports e com o Esporte Interativo sobre os principais pontos de sua carreira no ano passado e sobre as perspectivas dele e da SK para o ano de 2017.

Sobre a saída de Lincoln “fnx” Lau, Coldzera disse que a equipe vinha tendo vários problemas internos com o jogador e que várias chances foram dadas para ele. No entanto, o agora ex-jogador da SK Gaming não as aproveitou e o mesmo não se empenhava nos treinos como antes.

“A gente tava tendo bastante problema interno com o fnx e a gente deu bastante chance pra ele. A gente teve uma conversa com ele na Rússia, onde conversamos sobre todos os erros que estavam acontecendo no time, ele também falou porque ele estava daquele jeito. Cada um assimilou os seus erros e o fnx foi um pouco mais cabeça dura, foi o que não entendeu”, conta Coldzera.

O melhor jogador do mundo ainda disse que por conta disso os campeonatos que a SK Gaming disputava estavam mais difíceis e cada vez mais problemas internos aconteciam, como brigas dentro de jogo e assim, o desempenho do fnx in-game também havia caído bastante.

“O fnx não tinha mais o empenho que ele tinha antes. Eu disse pra ele que gostava de jogar com o fenix que eu conheci quando entrei no time. O fnx quando não tem nada ele é o melhor, mas quando ele tem muita coisa, ele esquece o que tem que fazer, esquece do trabalho dele. Espero que ele volte, ele tem muito potencial, mas ele tem que aprender que não pode perder o foco. Se você perde o foco, acontece o que aconteceu, a gente teve 6 meses muito ruinsm 6 campeonatos que a gente poderia ter ganho. Então querendo ou não, nessa brincadeira a gente perdeu 3,5 milhões de reais”, revelou o jogador.

Já em relação as metas para 2017, coldzera disse que elas são, nessa ordem: 1º – voltar com a SK Gaming para o topo do mundo, 2º – ser eleito o melhor jogador do mundo novamente e a 3ª meta é fazer o Brasil acreditar que eles podem ser ídolos nacionais.

“Vocês podem esperar muita dedicação, aproveitei minhas férias ao máximo, agora vou sentar a bunda em um computador e só sai dali ganhando todos os campeonatos. Acho que esse ano a gente vai conseguir levar mais uns dois majors para casa e espero ter a melhor harmonia no time como a gente tinha antes”, afirmou cold.