CNB e Remo Brave protagonizaram a segunda serie do dia. De um Lado, uma CNB buscando se provar no campeonato para conseguir uma vaga nos playoffs, do outro, uma Remo Brave que está em ultimo lugar na tabela, onde a prioridade agora passa ser em permanecer no CBLOL 2017, porem a chance de ir para os playoffs não é descartada.

“Vai focar o meu atirador?”

As duas equipes começaram se estudando bastante, porem uma fase de rotas melhor para a Remo que fez com que eles conseguissem uma leve vantagem de ouro. A Remo conseguiu o primeiro dragão da partida, mas depois de uma pequena luta no mid a CNB consegue levar a primeira torre do jogo aos 22 minutos, o que já mostrava que seria um jogo longo.

Foto: Riot Games

Aos 30 minutos a CNB já havia conquistado 2 dragões e 4 torres na partida, mesmo com boas lutas da Remo os blummers ainda seguravam uma leve vantagem de ouro. Aos 40 minutos de jogo, com o placar em abates 3×3, a CNB consegue fazer o dragão ancião, e com o buff amplificando o poder de 3 dragões elementais conquistados, os blummers partem para o inibidor da rota do meio conseguindo destruí-lo.

Poucos minutos depois, ainda com o buff do dragão ancião, a Remo Brave força uma luta que acaba não dando certo para eles, onde perdem dois jogadores e abrem espaço para o primeiro barão da partida ser feito pela CNB. Com o buff de barão os blummers partem para a base da Remo para finalizar o jogo, porem acabam levando a pior em uma luta dentro da base, deixando o nexus aberto com 2 inibidores destruídos. A Remo consegue dar uma respirada no jogo, porem ainda estava encurralada em sua base com super minions em duas rotas.

Foto: Riot Games

Aos 50 minutos a CNB faz o segundo dragão ancião da partida, e em uma tentativa de luta pela Remo Brave com um teleporte pelo flanco, o Thulz tenta pegar o PBO mas acaba sendo eliminado rapidamente juntamente com o Evrot e o Cabuloso. Foi a luta que a CNB precisava para finalizar o jogo aos 52 minutos.

Ladrão que rouba ladão tem 100 anos de perdão

O segundo jogo começou com um ritmo mais rápido para a CNB, e logo aos 5 minutos de jogo o time da CNB consegue não só o first blood como 2 abates para o Tinowns, deixando sua Taliyah em uma situação bem confortável na rota do meio.

Mesmo com essa vantagem a Remo consegue segurar a pressão sofrida nas lanes, conseguindo acompanhar muito bem as rotações dos blummers e com boas lutas conseguem se igualar nos abates e também no ouro. Aos 25 minutos de jogo mesmo com a Remo possuindo uma torre de vantagem, a CNB mantinha uma leve vantagem de ouro com vantagem de abates e de dragões. Depois de uma boa luta no meio, a Remo Brave consegue empatar o numero de abates. A esse ponto do jogo o Tinowns já tinha 7 abates com sua Taliyah.

Foto: Riot Games

Aos 29 minutos a Remo Brave consegue fazer o primeiro barão da partida e com isso consegue forçar as torres da CNB, conseguindo uma vantagem de 4 mil de ouro e 6 torres levadas, igualando também o numero de dragões conquistados, com 2 para cada lado.

Aos 37 minutos o 4lan consegue roubar o dragão ancião da CNB, onde eles eliminam o minerva rapidamente e levam o inibidor da bot lane. Ainda com o buff do dragão ancião, a Remo parte para o barão, mas o Minerva não deixa o roubo do dragão barato e rouba o barão, conseguindo ganhar mais tempo para os blummers se manterem na partida.

Foto: Riot Games

Mesmo com o roubo do barão os blummers ainda se viam acuados em sua base, e aos 41 minutos já estavam sem nenhum inibidor e com apenas uma torre de nexus. A CNB estava conseguindo segurar bem a pressão da Remo, e aos 43 minutos consegue fazer o barão, e assim usar o buff para segurar sua base que tinha super minions em todas as rotas. Aos 47 minutos o segundo dragão ancião da partida é feito pela Remo Brave, e aos 50 minutos de partida eles conseguem uma boa luta e assim vencer a partida.

Com esse resultado a CNB chega aos 5 pontos no CBLOL, enquanto a Remo Brave continua em ultimo lugar com 2 pontos.

Confira a cobertura completa do CBLOL 2017 com jogos, tabela, replays e muito mais aqui.