A Cloud9 revelou, nessa sexta-feira (31), que fechou uma parceria de vários anos com a Microsoft no intuito de “dedicar recursos para desenvolver novas ferramentas e tecnologias” para a organização norte-americana de esports.

“Usando uma série de produtos comerciais e para os consumidores da Microsoft, nós trabalharemos com a Cloud9 para trazer ferramentas que irão ajudar eles a treinar com mais eficiência e determinar as melhores estratégias para vencer”, revelou, em nota para a imprensa, o diretor de tecnologias de esportes da Microsoft, Mike Downey.

Isso pode impactar diretamente aos fãs, já que o anúncio também cita que a parceria trará novas estatísticas, conteúdos mais engajados e interativos e também análises mais profundas dos jogadores da equipe. A Microsoft também usará a plataforma Azure para coletar todos os dados nas partidas que a Cloud9 participar, posteriormente convertendo em informações, gráficos e estratégias para cada um dos competidores.

Atualmente, a Cloud9 conta com várias divisões nos esports, incluindo Apex Legends, Counter-Strike: Global Offensive, Fortnite, Hearthstone, PUBG, Rainbow Six, Rocket League, World of Warcraft, Super Smash Bros. Melee e League of Legends — este que contou com a estreia ontem do brasileiro Flávio “Jukes” Fernandes no time secundário. Além deles, a organização também é dona de uma franquia na Overwatch League, a London Spitfire.