O último sábado (15) foi palco de estreia da liga de Rainbow Six Siege do Mad Hatter, torneio intermediário do circuito feminino promovido pela BBL. Como já era esperado, a Brazilian Crusaders foi o grande destaque da primeira rodada.

Com muita consistência defensiva, a BRC não teve tantos problemas para chegar até a finalíssima do Dia #1. A equipe capitaneada por Myllena “Myss1” Almeida passou por Badgers Elite e depois Athena’s e-Sports, mas não precisou entrar em ação na finalíssima.

Isso porque a outra equipe finalista, a Resilience E-Sports, não pôde jogar a grande decisão da primeira rodada por motivos técnicos. A RSL havia superado Celestial Wolves e Team Brave Soldiers antes, mas precisou abrir mão da partida derradeira.

Sendo assim, a Brazilian Crusaders levou o Dia #1 com vitória por 2 a 0 por conta do W.O.

AS PARTIDAS

CHAVEAMENTO – DIA #1

BRAZILIAN CRUSADERS 7 x 3 ATHENA’S E-SPORTS

Em Litoral, a BRC praticamente assegurou o mapa graças ao desempenho defensivo na primeira metade da série. O round inicial, inclusive, evidenciou como seria esse roteiro uma vez que o ataque da Athena’s e-Sports simplesmente não pisou dentro do mapa – muito por conta do trabalho de Myss1 e Thainara “Thaii” Julio.

Na sequência, a Athena’s até varreu essa dupla de roamers, mas não conseguiu tirar de posição as defensoras ancoradas no bombsite – e as atacantes sofreram com a antecipação de Maria “russa” Clara, que jogou uma C-4 aonde seria o plant. Quando finalmente a Athena’s conseguiu quebrar o posicionamento defensivo, no round seguinte, a BRC soube rotacionar muito bem para assegurar o retake após um plant muito rápido.

Com três pontos de vantagem, foi só no quarto round que a Athena’s emplacou a primeira vitória – e graças à performance de Gabriela ‘GaB’ Scheffer, que deu o fôlego necessário ao usar de forma muito eficiente o gadget de Finka nos momentos de aperto.

Mesmo assim, a BRC emplacou os rounds seguintes para começar a virada de lados em boa vantagem de 5×1. Quem se destacou nesses dois últimos rounds de defesa foi Danielle “Cherna” Andrade, que segurou como pôde o bombsite e conseguiu, respectivamente, um clutch com double kill e depois uma tripla eliminação.

Na virada de lados, os times alternaram rodadas de vitória até a Brazilian Crusaders chamar o match point com 6 a 3 nas parciais. Mesmo com GaB e Lara “Pessima8” Alencar jogando muito na defesa, a Athena’s não conseguiu segurar a pressão do ataque – ainda mais no último round, quando, já na fase de ação, GaB caiu e a BRC aproveitou bem a vantagem numérica.

RESILIENCE E-SPORTS 7 X 4 TEAM BRAVE SOLDIERS

A partida em Consulado começou de forma esmagadora à favor da Resilience E-Sports. Muito por conta da grande performance de Amanda “mand” Gusmão, a RSL imprimiu um ritmo avassalador no ataque e abriu nada menos do que quatro pontos de vantagem.

Duas vitórias vieram pelo ótimo trabalho de mand em parceria de PinkSouls via rapel. As duas deram muito trabalho sabendo usar as janelas do mapa à favor. A Resilience aproveitou que a Team Brave Soldiers não tinha boa comunicação nem aproximava suas defensoras para evitar os avanços das atacantes.

A reação veio só no quinto round, quando Danielle “iMoon” Ferreira fez uma triple kill ao segurar com firmeza garagem e tendo Chl0e ajudando na contenção. A partir daí, a TBS encaixou o jogo e conseguiu diminuir a desvantagem – com pontos importantes antes e logo depois da virada de lados, chamando 4 a 3 nas parciais.

A segunda metade do mapa ficou bem mais acirrada – e foi quando as individualidades apareceram. Primeiro na conta de mand, que conseguiu quatro eliminações e ainda evitou o plant em marcação vertical perfeita de baixo pra cima lá do piano.

Depois, a Athena’s até se saiu melhor nas trocações pela nona rodada, mas viu a defesa da RSL se encaixar logo na sequência e ainda sofreu nas mãos de Bruna – que aplicou nada menos do que um ace para fechar o caixão adversário e confirmar a vitória.

CLASSIFICAÇÃO GERAL

1. Brazilian Crusaders: 1000 pontos
2. Athena's e-Sports: 550 pontos
3. Resilience E-Sports: 400
4. Team Brave Soldiers / MedusaPlayers: 300 pontos
5. Team Vortex: 200 pontos
6. ProBono E-Sports: 125 pontos
7. Celestial Wolves Gamings / Badgers Elite: 100 pontos

AGENDA

O Dia #2 da primeira temporada do Mad Hatter pela liga de R6 será no próximo sábado (22), com os jogos previstos para às 16h (de Brasília).

Essa etapa conta com inscrições abertas e a segunda rodada já está disponível para o registro das equipes na página oficial do campeonato como você pode ver aqui.