O boletim BBL desta semana traz novidades sobre tudo de mais importante que rolou no mercado de e-sports e também pelo cenário competitivo de PUBG, Rainbow Six Siege, Dota 2, Counter-Strike: Global Offensive e Free Fire.

AS QUEDAS CONTINUAM

A terceira temporada da LA League de PUBG segue à todo vapor. A Brazilian Crusaders, atual campeã, continua isolada na liderança em meio às disputas da Semana #2. Logo na cola aparecem Team Singularity, Bitloft e FURIA – as duas últimas separadas apenas por um ponto.

Com partidas sempre de quinta-feira e sexta-feira, os times caem em ação pela sobrevivência à partir das 19h (de Brasília).

PURA ELEGÂNCIA

O último final de semana foi palco de estreia do Mad Hatter, etapa intermediária do circuito feminino promovido pela BBL e que dará vaga para o Queen of Hearts, competição premium que dará nada menos do que R$ 23 mil em premiação total.

Pela liga de Rainbow Six Siege, a Brazilian Crusaders levou a primeira rodada com uma defesa bastante sólida. A grande decisão contra a Resilience E-Sports não aconteceu por problemas técnicos envolvendo a RSL.

Já no campeonato de Dota 2, a Team K superou a GosuBells por 2 a 0.

Os confrontos da primeira temporada do Mad Hatter rolam todo final de semana, com R6 aos sábados e Dota 2 aos domingos – sempre a partir das 16h, com transmissão nos canais oficiais da BBL.

OPEN DE PRO LEAGUE

Esta foi a semana de Pro League ao redor do mundo, a começar pelo CS:GO, já que está rolando a etapa final do campeonato mundial. A MiBR foi eliminada pela Team Liquid na última quinta-feira (20).

Já no R6, o regional latino-americano teve início na última quarta-feira (19), em horário diferente: 14h (de Brasília). Agora são duas rodadas por semana, sendo a última na sexta-feira, às 19h.

Por fim, o último final de semana também teve estreia de outra Pro League: a de Free Fire. Com jogos aos sábados e domingo, o regional LATAM teve STARS, BR Storm e LA FURIA liderando seus respectivos grupos.