Nessa segunda-feira (04), mais um grande torneio teve início, complementando o calendário de jogos de Counter-Strike: Global Offensive. A terceira edição da ESL LA League, etapa brasileira, teve quatro séries MD1 no primeiro dia de confronto.

O campeonato conta com mudanças no formato e terá uma premiação total de R$60 mil, além da vaga na etapa qualificatória das Américas para a nona temporada da Pro League NA.

A partida inicial foi o embate entre Sharks Esports Turma do Pagode, pelo grupo A. Os tubarões tiveram uma ótima metade inicial e garantiram uma larga vantagem, saindo na frente por 13×2. Com a mudança de lado, a Turma do Pagode encostou no placar mas a Sharks venceu a partida por 16×10.

Dando sequência aos confrontos do grupo A, a Imperial eSports enfrentou a W7M Gaming e, como esperada, a partida foi bem disputada. A Imperial fechou a primeira metade em 10×5, mas a W7M não se abateu e virou o placar, vencendo a partida por 16×14.

A única equipe fora do Brasil, a Isurus Gaming enfrentou a Evidence Esports e mostrou superioridade em cima dos brasileiros. Os argentinos tiveram um bom início, abriram vantagem e venceu o first half por 11×4. A Evidence ainda venceu algumas rodadas, mas longe de ser o suficiente para virar partida e viu a Isurus garantir a vitória por 16×6.

Última partida do dia foi entre a organização que recentemente voltou para o CSGO, paiN Gaming e a DETONA Gaming. A primeira metade foi a favor da paiN, que saiu na frente por 10×5. A DETONA, jogando com Ramon “RMN” Toledo como complete na vaga do GUTO22, encostou no placar e sabendo aproveitar dos erros adversários, venceu a partida por 16×14.

A LA League volta na próxima terça-feira (05), com o confronto entre os dois derrotados de cada grupo do primeiro dia e quem voltar a perder a série MD3 será eliminado do torneio. Conheça quais serão os embates:

  • Imperial eSports x Turma do Pagode (Grupo A)
  • Evidence Esports x PaiN Gaming (Grupo B)

As partidas serão transmitidas nos perfis da BBL no Youtube, TwitchFacebook.

 Leia também: MIBR é convidada para IEM Sydney.