SK GAMING – Velhos nomes, novos desafios

SK Gaming

A SK Gaming tem uma longínqua história no competitivo de LoL, colecionando bons resultados dentro da temporada regular e se mantendo por meses como o melhor time de LOL da Europa, mas foi ineficiente           dentro dos playoffs.

De forma semelhante a sua maior rival no eSports (A FNC, juntos elas formam o “el clássico” do LoL, extremamente popularizado quando os mid laners das equipes eram xPeke e Ocelote) a SK buscou em seu passado a solução para seus problemas, retornando com Candypanda para substituir a estrela do time, que acabou sendo retirada por dificuldades com o resto dos jogadores, Forg1ven. Candypanda foi a segunda opção da equipe, que buscou também contratar Freeze, mas o carry da Copenhagen Wolves recusou o convite pois a SK não aceitou que ele fizesse o teste para a mesma vaga no split passado. Outra mudança considerável dentro da Equipe é a saída do Coach, InnerFlame, que foi substituído por Lukas Shenkke.

A qualidade de Freddy,Fox e Svenskeren é inquestionável, e o último já provou que consegue carregar mesmo com campeões fora do meta, como é o caso do lee sin. Resta saber se a SK vai saber se adaptar a um estilo mais focado no seu mid e top laner, uma vez que por mais que possuam experiência, senso tático e  sinergia  sensacionais, Nrated e Candypanda não tem a mesma habilidade pura de tantas outras bot lanes europeias.


ID
Nick Nome Role
fredy122 Simon Payne Top
Svenskeren Dennis Johnsen Jungle
Fox Hampus Myhre Mid
CandyPanda Adrian Wübbelmann AD
nRated Christoph Seitz Support
  Lukas Shenkke Coach

 

GAMBIT GAMING – A glória ou a ruína?300px-Gambit_Gaming_Logo

Os russos chegaram decepcionando no início da última temporada, mas depois de uma sequência absurda de vitórias conseguiram se recuperar e lentamente retomam seu lugar de destaque dentro do velho continente, liderados pelo retorno do brilhantismo de Diamondprox e pela sólida participação de Cabochard e Betsy.

A Gambit traz um reforço de peso para o segundo Split, ao se desfazer do ultra agressivo e inconsistente P1noy e trazer um dos destaques do último Split, Forg1ven. A equipe perdeu também uma peça importante com a saída do Coach Leviathan da organização, que foi substituído por Dan.

Conhecidos por seus tempos gloriosos de “pesadelo dos coreanos” a Gambit Gaming chega para tentar uma vaga para o mundial, mas a equipe continua com uma grande interrogação referente a sua nova bot lane:Alguns apostam que pelo talento e experiência GosuPepper(EdWard) e Forg1ven farão uma bot lane formidável, enquanto outros lembram dos diversos problemas de relacionamento de Forg1ven e da inconsistência emocional de Edward, e por isso acreditam nas palavras de Leviathan que a Gambit esse Split irá “Cair e Queimar”.

Nick Nome Role
Cabochard Lucas Simon-Meslet Top
Diamondprox Danil Reshetnikov Jungle
Betsy Felix Edling Mid
FORG1VEN Konstantinos Tzortziou AD
Edward Edward Abgaryan Support
Dan Daniel Luensi Coach

 

ORIGEN – O retorno dos antigos reis

Origen

A organização é extremamente nova, os nomes não. Com uma participação destruidora dentro da challenger series, perdendo apenas um jogo na temporada regular e um nos playoffs, a equipe de xPeke chega para provar que tem futuro dentro da LCS, e que a massiva história individual de cada um dos atletas é motivo o suficiente para respeitar a nova equipe.

Soaz e xPeke carregam toda a experiência possível e representam a mais velha guarda dentro do competitivo de League of Legends, sendo finalistas do primeiro campeonato mundial. Mithy e Amazing tem participação de destaque dentro da Lemondogs e da TSM, tendo participado também do mundial com essas equipes. A única cara nova do competitivo apresentada pela equipe é Niels, conhecido também como Zvanillan, uma promessa que dizimou os outros ADCs da challenger series e que chega forte para disputar seu lugar junto aos melhores da Europa.

O discurso da equipe no momento é de se manter na LCS e ver como ela se sai dentro da competição, mas com a ambição de xPeke e o talento de todos os jogadores é fácil imaginar que a equipe deve sonhar com uma vaga no mundial e outro anel no dedo de xPeke.

Nick Nome Role
sOAZ Paul Boyer Top
Amazing Maurice Stückenschneider Jungle
xPeke Enrique Cedeño Martínez Mid
Niels Jesper Svenningsen AD
Mithy Alfonso Aguirre Rodriguez Support
Ducky Titus Hafner Coach

 

ROCCAT – Novos ventos, velhos problemas?ROCCAT

Hypada como uma das favoritas ao Split anterior, a Roccat é considerada uma união de diversos jogadores talentosos e que por algum motivo não deu certo. De uma das favoritas a participante do torneio de Promoção, a equipe decidiu fazer algumas mudanças e espera finalmente corresponder a todos que acreditam no potencial de seus jogadores.

Realizando duas alterações importantes para essa temporada, a primeira com a contratação do francês Steve para substituir Overpow e a segunda com a contratação do coach YammatoCannon, a equipe busca se reinventar e atingir o sucesso. Essas mudanças podem criar um efeito interessante, mas não se sabe se serão o suficiente para a equipe consertar seus diversos problemas ingame e principalmente seu nervosismo.

A era em que a elise de Jankos assustava e o Thresh de Vander forçava bans pode ter acabado, e a inconsistência de uma equipe que, considerada uma das melhores devido a seu impressionante trabalho dentro das scrims, pode mais uma vez se mostrar apenas na luta por manter sua vaga caso siga com a grande dificuldade dos jogadores com apresentações ao vivo.

 

Nick Nome Role
Steve Etienne Michels Top
Jankos Marcin Jankowski Jungle
Nukeduck Erlend Våtevik Holm Mid
Woolite Paweł Pruski AD
VandeR Oskar Bogdan Support
YammatoCannon Jakob Mebdi Coach

 

GIANTS Gaming – O último fôlego do gigante?giants

Com um início de temporada que parecia promissor, a Giants Gaming logo demonstrou que o Xerath e a Le Blanc de Pepiinero não eram o suficiente para cobrir os furos deixados por um time que não tinha uma estrutura adequada e possuía uma dificuldade brutal em se adaptar as mudanças no meta.

A grande alteração que a equipe sofreu foi anunciada recentemente, com a entrada de GodFRED no lugar do inconsistente Rydle. A equipe ainda não anunciou um coach nem um analista, o que deve indicar que o problema com a estrutura apresentada pela organização ainda não foi solucionado

Outra grande dúvida paira sobre a comunicação do time, uma vez que a equipe se comunicar em espanhol e não se sabe se o Sueco godFRED é fluente no idioma. O que não aparece como dúvida é o fato de que mais uma vez a Giants chega para disputar pelas últimas posições, sendo forte candidata ao último lugar e o rebaixamento automático.

Nick Nome Role
Werlyb Jorge Casanovas Top
Fr3deric Federico Lizondoà Jungle
PePiiNeRo Isaac Flores Mid
Adryh Adrián Pérez AD
GoDFRED Oskar Lundstörm Support