A série “Aquecimento CBLOL 2017” traz para você uma equipe que viveu momentos bastante distintos em 2016. A Operation Kino surpreendeu a todos no 1º Split do ano passado, quando comandada pelo experiente Matheus “Professor” Leirião alcançou a 3ª posição na competição, ficando atrás apenas de INTZ e Keyd Stars.

Para quem esperava um 2º Split de 2016 tão bom quanto o primeiro, a Operation Kino decepcionou. Com uma punição de -4 pontos logo no início da competição, a OPK parecia desmotivada e nada parecida com aquela equipe que deu trabalho para as grandes equipes no 1º Split. Com uma campanha bastante irregular, o time precisou vencer a eChamp na Série de Promoção para se manter na principal competição do League of Legends brasileiro.

Como se não bastasse a campanha ruim no 2º Split, a Operation Kino ainda perdeu a line-up que era composta por Professor, Goku, SkyBart, Skyer e Turtle após organização e jogadores não entrarem em acordo sobre mudanças na line-up para 2017.

Foi aí então que a OPK precisou passar por um processo de reformulação e trouxe para a disputa do 1º Split do CBLOL de 2017 uma line-up que conta com jogadores que já tem experiência na competição, como Ranger e Luskka (ex-Big Gods) e Aoshi (ex-reserva da CNB). O mid laner MC Dynquedo e o suporte BocaJúnioR completam a equipe.

Com esta line-up, o desempenho da Operation Kino neste Split é uma incógnita. Talentos individuais a equipe tem, no entanto, resta saber como a OPK irá atuar como conjunto contra equipes favoritas ao título, como a Keyd Stars, paiN Gaming, Red Canids e CNB e-Sports Club.

Confira a line-up da Operation Kino para o 1º Split do CBLOL 2017:

Franklin “Aoshi” Coutinho – Top
Filipe “Ranger” Bairros – Jungler
Matheus “MC DYNQUEDO” Miranda – Mid
Lucas “LUSKKA” Rentechen – AD Carry
Emerson “BocaJúnioR” Aires – Suporte

A OPK tem como coach João Pedro “Dionrray” Barbosa, que esteve no comando técnico da Big Gods no último Split do ano passado.