A um dia do início do 2º split do CBLoL 2017, o Mais e-Sports fala nesta sexta-feira (2) na série “Aquecimento CBLoL 2017” sobre a paiN Gaming. A equipe que ficou na 3ª posição no 1º split do Campeonato Brasileiro de League of Legends deste ano passou por algumas mudanças e vem com tudo para voltar a disputar uma final da principal competição do LoL brasileiro.

As mudanças na paiN Gaming para o 2º split do CBLoL 2017 começaram na line-up. O jungler Thulio “sirT” Carlos, deixou a única organização que havia defendido até então na carreira para se juntar a Big Gods e disputar uma vaga na elite do League of Legends norte-americano. Com isso, Rodrigo “Tay” Panisa assumirá a condição de titular. Além dessa mudança, a paiN anunciou recentemente que Rafael “Rakin” Knittel não será reserva de Gabriel “Kami” Bohm no 2º split e se dedicará apenas as streams.

A comissão técnica da paiN Gaming também passou por uma reformulação. Depois de mais de dois anos à frente da organização, o técnico Gabriel “Mit” Souza deixou a paiN e foi substituído por Arthur “PAADA” Zarzur, dono da paiN Gaming, no cargo de Head Coach. Além desta mudança, o então top laner reserva César “jUc” Barbosa passou a ser assistente técnico e é ele quem estará presente durante os picks e bans no CBLoL. Já o antigo analista John “rng” Crichton passou a ser o coach estratégico da paiN.

As mudanças podem ser ou o fator decisivo para fazer com que a paiN Gaming volte ao caminho das finais do CBLoL, como também pode ser responsável por um possível fracasso nesse split da competição. Já que apesar de manter a base da line-up e já ter Tay atuando como jungler reserva no passado, ter o jogador como titular, aliado ao novo comando técnico pode acabar sendo prejudicial ou benéfico para a equipe.

A line-up da paiN Gaming para a disputa do 2º split do CBLoL 2017 é composta por:

Matheus “Mylon” Borges – Top
Rodrigo “Tay” Panisa – Jungler
Gabriel “Kami” Bohm – Mid
Pedro “Matsukaze” Gama – AD Carry
Caio “Loop” Almeida – Suporte