É isso ai amigo, os Designers pode fazer a diferença na sua equipe de Esports.

Foto: Riot Games

Muitos times surgem diariamente no cenário de Esports, algo comum em um ambiente digital e acessível a todos. Mas aí te pergunto, o que irá diferenciar sua equipe das milhares de outras existentes no competitivo?

O Design não chega para resolver seu problema, mas sim, ajudar na trajetória de ter sucesso dentro do cenário de esports.

“Aliás não adianta nada o prato ter a cara ótima mas o gosto ser detestável, não é mesmo?”

Mas para tudo dar certo precisamos entender que a expectativa criada através de uma comunicação integrada deve ser alinhada com a entrega do produto final, que no caso, são os resultados obtidos pela equipe em competições por exemplo.

Vou listar algumas áreas em que o Design pode atuar como agente catalisador ou potencializador dentro de uma organização de Esports:

1. Logotipo e Identidade Visual

“Marca é uma intuição que uma pessoa tem sobre um produto, serviço ou empresa” – Marty Neumeier (2003).

Muitos acham que somente o logotipo bem desenhando é o “core” item para uma organização bem sucedida, mas como comentei, não adianta nada ser bonito e ser um merda por dentro, a imagem não vai refletir o que realmente se percebe.

Mas um logotipo e uma identidade visual bem definida e alinhada com as diretrizes estipuladas, pela organização somada a resultados e ganhos são um grande catalizador de público e “divulgação”.

Mauá e-Sports, equipe universitária de e-Sports

2. Administrativo e Comercial

Na captação de patrocínios o design pode ser importante para a construção de um “Media Kit” ou proposta comercial coerente com as diretrizes estipuladas pela identidade visual e também com a experiência da equipe em torneios.

Algo estéticamente mais apresentável e de fácil leitura consegue fazer a diferença para as empresas fecharem negócio ou se aproximarem mais de sua equipe.

Além da parte visual, o designer pode contribuir com o conhecimento de gerenciamento de projetos, metodologias em design e metodologia ágeis, contribuindo para um dinamismo maior dentro da organização.

Trello, ferramenta de organização de tarefas

3. Redes Sociais

Elas são a grande ferramenta de engajamento, disseminação de conteúdo e captação de novos torcedores ou seguidores da sua equipe.

Um bom trabalho nas redes sociais pode garantir vários tipos de benefícios, vou citar um exemplo de um tipo de postagem e sua finalidade: Ao ter um público ativo no Twitter você conseguirá trazer esse torcedor mais perto do dia a dia da equipe e fazer com que ele faça parte desse dia-a-dia, o mesmo serve para o Instagram.

Além disso o designer pode em conjunto ao Social Média desenvolver campanhas de engajamento com ganhos grandes, ajudando a criar e crescer a identidade da equipe.

4. Merchandising / Produtos

Uma equipe com produtos bem desenhados e produzidos fidelizam ainda mais seus torcedores, assim trazendo renda extra para organização.

Loja da paiN Gaming

Listei esses itens trazendo comigo as experiências que tive com inúmeras organizações do cenário competitivo no Brasil.

Lembrando que design deve ser alinhado com entrega, e essa somatória é uma fórmula potente de sucesso no cenário de Esports.

Sacou a importância do designer para sua organização/equipe conseguir avançar e vencer os obstáculos que aparece naturalmente na longevidade das equipes?

Preparado para contratar um designer para sua equipe?

Queria agradecer por acompanhar esse texto e espero ter ajudado na leitura da importância do design dentro de uma organização de esporte.

Estarei escrevendo com mais frequência sobre design, comunicação e marketing no esports e conto com sua leitura!

Quer acompanhar meu trabalho mais de perto de uma olhada no meu portfólio no Behance ou me siga no Twitter, Instagram e no LinkedIn, sempre posto conteúdo relacionado ao mesmo tema!