O Leaguesharp, um site de scripts para os jogadores de League of Legends oferecendo “serviços de botting”, foi permanentemente encerrado após um processo com a Riot Games, que também concedeu à empresa um pagamento de US $10 milhões.

Segundo o comunicado de imprensa, Riot ganhou um pagamento de US $10 milhões e proibiu judicialmente os fabricantes de software de fornecerem Script, na quarta-feira terminando um processo alegando que as fraudes violaram o Digital Millennium Copyright Act.

A ordem judicial foi encaminhada a pedido de Riot devido ao serviço que oferece maneiras de evitar o software anti-cheat da Riot, com milhares de usuários ativos estimados a pagar o serviço de US $15 por mês em troca dos serviços da Leaguesharp.

O serviço dava aos jogadores uma vantagem injusta durante os jogos para manipular a favor do jogador que utilizava o Script.