A mudança na line-up da SK Gaming não surtiu efeito. Mesmo com o português Ricardo “fox” Pacheco no lugar de Lincoln “fnx” Lau, o time brasileiro foi dominado pela Astralis e perdeu por 2 a 0 (16-9 na Cache e 16-4 na Overpass) nas semifinais da ECS Season 2 Finals.

No primeiro mapa do confronto, Cache, já foi possível notar a superioridade da Astralis. Com um primeiro half seguro, o time dinamarquês colocou uma vantagem de 10-5 no placar e contando com a mira em dia de Markus ‘Kjaerbye’ Kjærbye, só administrou a vantagem para fechar o mapa com tranquilidade por 16-9.

Já na Overpass, o domínio dinamarquês ficou muito evidente. Com um lado terrorista quase perfeito, a Astralis chegou a abrir uma vantagem de 11-1 no placar. No entanto, o time brasileiro chegou a vencer os últimos três rounds do half e chegou a ter esperanças de reverter a desvantagem de 11-4 no marcador.

A esperança foi por água abaixo logo no round pistol do segundo half, quando Nicolai ‘device’ Reedtz da Astralis coroou a grande atuação que já vinha tendo na partida. Com um ace, com direito a dois kills na faca e defuse da bomba, o dinamarquês jogou um balde de água fria em uma possível reação do time brasileiro.

A partir daí era questão de tempo para que a Astralis confirmasse a vitória e garantisse seu lugar na grande final da ECS Season 2 Finals. Vencendo os três rounds seguintes, o time dinamarquês conquistou 11 match points ao colocar 15-4 no placar. E logo na primeira oportunidade de fechar a partida, se aproveitando de um round forçado da SK Gaming, a Astralis conquistou a vaga na final e colocou o time brasileiro de férias.

Com a vitória, a Astralis decidirá o título da ECS Season 2 Finals contra a OpTic Gaming, que venceu a EnVyUs também por 2 mapas a 0 (16-3 na Overpass e 16-12 na Nuke). O campeão da competição levará para casa uma premiação de 250 mil dólares, já o vice embolsará 120 mil dólares.